9.5.08

pobre coitado

Pobre hombre en la lengua portuguesa es pobre homem o pobre coitado. Según el diccionario y según una amiga de Brasil. Yo no soy experta porque el portugués desgraciadamente no lo domino, pero me interesé por el tema. Al escuchar el adjetivo ese lo primero que me vino a la cabeza es que era el participio de coitar (o sea copular). Averigué: coitar en portugués también es coitar. Pero por qué coitado sería el sinonónimo de infeliz (mientras yo más bien diría contento)? Es que aquel coitado viene de coutar que ni idea qué es. Será vedar, o sea, defender, proteger com vedação. Nada que ver con el coito aunque sigue sonando raro. Si coitado es pobre, pobrecito sería coitadinho (y no coito de Ronaldinho!). Por suerte coitado portugués equivale a pobre castellano sólo en el sentido figurativo. En otro caso (cuando la palabra describe a alguien “sin dinero”) tiene forma igual que la castellana: pobre. Así que ¡ojo! los países pobres no son países coitados ¡De ninguna manera!

2 comentarios:

Anónimo dijo...

Ontem jamais pensava da esta palavra. Realmente, o /pobrecito/ español sona muito mais lindo do que o /coitado/ portugés. Os brasileiros usamos o pobrecito também para chamar ao desafortunado. /Pobrecito/ é mais carinhoso e, as vezes, mais portugués do que /coitado/. Eu poderia sobreviver sem esta voz tao ambígua. Em todo caso, gostei muito da tua inscripcao como de tudo o teu blog. Siga com o ele. Änimo!

ryba dijo...

É mesmo. Vocês usam o "pobrecito" e também a palavra "pobrezinho", não é?

E não dizem coutado com "u" que é a forma mais etimológica como diz a autora do blog?

Acabei de achar isto:

http://www.hostdime.com.br/dicionario/coutar.html

coutar (couto+ar) vtd Tornar defesa (uma propriedade), proibindo a entrada ou dando certos privilégios. Var: coitar.

Fiz uma pesquisa e achei isto:

http://aspirinab.com/visitas-antigas/tt/nao-levem-a-mal/

"ARQUIVAR NO CAPÍTULO: UMA ETIMOLOGIA EBDO-QUALQUER-COISA-MALÁRIA, TAL COMO A ASNEIRA, NUNCA VEM SÓ

BOMBA INTELIGENTE DIXIT

“Ora descubro que coitado tem a ver com coitar e que a partir daí, sim, podemos viajar no tempo. A origem é latina: “de coctare, verbo tirado de coctus”. Hmmm? e isto significa mais precisamente o quê? Acertaram! Cozinhar! Mas calma, antes disso há que dar mais uns passos, desta vez nos dicionários de latim. De coctare nem sinal e de coctus somos remetidos para um curioso coquo, que significa “cozer, cozinhar, preparar uma refeição”. Assim sendo, o tal coctus, a, um é qualquer coisa como cozido, cozinhado, preparado.”

Ora diz-me o meu filho, que anda a estudar para advogado e que teve de marinar também no tal do latim, que a minha patroa talvez ande a precisar de coitar com melhores dicionários, ou, pelo menos, deveria molhar menos o pão fora do grego, e mesmo assim Poseídon a proteja de meter mais água. Dizia eu, afiança-me o meu rebento: que coitado está associado a coitar, isto é, tornar defesa uma propriedade, uma coisa ou até uma pessoa, acoitá-la, protegê-la, daí a associação ao coitadinho, ao desvalido; leia-se em Camilo Castelo Branco: “foi com sua voluntária pobreza coitar-se no cubículo de um convento”. Daí também os terrenos medievais que eram apelidados de coutos! E já dá para daqui perceber que etimologicamente nada tem a ver com a expressão latina coctare, Deus perdoe a minha patroa e tenha misericórdia de quem a engole e lê como burro embasbacado diante de palácio! A etimologia, como se adivinha de couto, vem de cautus, cauta, cautum, isto é, acautelado, protegido, daí o couto como terra defendida ou privilegiada e o coitado como quem recebe protecção. Daí também o que é sólido, o penedo, o rochedo, a rocha vir de cautes, cautis. Enfim…tenho de ir arrumar a loiça…"

Espero que serva de ajuda.

Beijinhos do país das cegonhas,

ryba